O artesanal chegou aos refrigerantes

Três alemães encontraram em Portugal uma oportunidade de negócio, que pode abrir as portas a outros empreendedores. Através da Why Not Soda, propõem um novo tipo de refrigerantes – artesanais, com menos açúcar e mais amigos da saúde.

Texto de Filipa Almeida

Visitaram Portugal pela primeira vez em 2010. Vieram de férias e decidiram que os dias que tinham dedicado ao País não eram suficientes e que, por isso, era preciso voltar: fizeram-nos mais três vezes em 2016, no espaço de seis meses. No ano passado, os alemães Nils Schwentkowsi e Steffi Hunstock perceberam que estava na altura de parar de visitar e ficar. De vez.

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Maio de 2019 da revista Marketeer.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Portugal atraiu 610 estrangeiros «altamente qualificados» através deste programa
Automonitor
Regulamento da mobilidade elétrica obriga a celebrar contratos de adesão