Nuno Baltazar abandona Portugal Fashion e critica direcção

Nuno Baltazar não vai voltar a participar no Portugal Fashion. A apresentação da sua 30.ª colecção, no passado fim-de-semana, foi a despedida do evento do Porto, segundo indica o designer português numa publicação no Facebook – e onde conta que chegou a ponderar cancelar o desfile, mas que decidiu avançar por respeito à equipa que trabalha consigo.

Segundo Nuno Baltazar a decisão de abandonar o Portugal Fashion tem por base uma enorme desilusão relativamente à plataforma. Apesar de se confessar triste por seguir este caminho, garante que se trata de uma escolha muito consciente e estruturada.

«Eu deixo de apresentar o meu trabalho no Portugal Fashion porque não acredito nesta direcção, não acredito no projecto que desenvolvem para aquela que se diz ser a maior plataforma de apresentação da moda em Portugal. Não é! Porque a moda é muito mais do que números, porque tudo que se passa é muito mais do que esta aparente efervescência. E eu não quero, não aceito e não valido mais este vazio absoluto de estratégia, falta de paixão e respeito pela moda e por quem nela trabalha», afirma o designer.

Nuno Baltazar afirma ainda que se sente à vontade para fazer estas declarações porque tentou reunir várias vezes com a direcção actual, deu sugestões e pediu esclarecimentos: «Fiz tudo o podia para tentar levar esta relação a bom porto, dei o beneficio da dúvida, dei a 2.ª e a 3.ª oportunidades e o que recebi em troca foram sucessivas manifestações de desrespeito para comigo e para com os meus com 20 anos de muito trabalho.»

O profissional sublinha ainda que fala em nome próprio, embora sinta que existe falta de uma associação ou entidade que represente os designers portugueses. «Não temos quem nos represente e defenda a dignidade da moda de autor em Portugal e a forma como ela é levada a plataformas internacionais», conta.

Nuno Baltazar acrescenta que não sabe de que forma continuará a apresentar o seu trabalho mas garante que tomou a decisão sem medo.

Entretanto, Mónica Neto, Project leader do Portugal Fashion, reage às declarações de Nuno Baltazar defendendo que a moda portuguesa atravessa um bom momento, tanto a nível nacional como internacional. Em declarações reportadas pelo jornal Público, a responsável indica que «o Portugal Fashion é um projecto evolutivo e dinâmico, com mais de 20 anos, que acaba de promover uma edição nacional com cerca de 50 participantes», enfatizando que trabalham para estar ao nível das expectativas de cada um, o que nem sempre é possível.

«Perante as notícias do Nuno Baltazar, resta-nos desejar os maiores votos de sucesso a um designer de elevada qualidade, de quem gostamos muito, que ainda no passado sábado apresentou uma excelente coleção na 44.ª edição do Portugal Fashion», conclui Mónica Neto.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
A sua empresa pode fazer sorrir crianças hospitalizadas. Saiba como.
Automonitor
Novo Alpine A110S pronto para encomendar em Portugal