Novos momentos de consumo inspiram inovação

MARKETEER CONTENTS

A delta cafés pretende continuar a surpreender o consumidor, ano após ano, criando tendências e acrescentando valor aos vários momentos de consumo e de partilha proporcionados pelo café

A história da Delta Cafés começou a ser escrita há pouco mais de meio século, em 1961, e foi sendo construída através de um somatório de momentos que contribuíram decisivamente para o sucesso de hoje. O primeiro desses grandes momentos, segundo Marco Nanita, responsável de marketing da Delta Cafés, terá sido a conquista da liderança do mercado nacional de cafés na década de 90. «Mas muitos outros se lhe seguiram, como a expansão gradual para Espanha e outros mercados internacionais; e o lançamento em 2007 da marca Delta Q de café em cápsulas, hoje também líder do mercado nacional neste segmento.»

Hoje a Delta é detentora do título de marca com o melhor índice reputacional no mercado português, elaborado pela OnStrategy e Corporate Excellence. Marco Nanita comenta: «É com grande orgulho que olhamos para este excelente indicador, que reflecte a forte ligação dos consumidores com a Delta. Trabalhamos todos os dias para servir bem os nossos clientes e este é um resultado da nossa atitude no dia-a-dia.» E este é um trabalho que está longe de ser dado por terminado, até porque a marca quer continuar a estar presente nos momentos mais importantes da vida dos consumidores e a garantir a qualidade dos seus produtos, de forma a levar sempre o melhor dos cafés aos clientes.

Hoje, a Novadelta processa cerca de 25 mil toneladas de produtos (dados de 2018). A matéria-prima chega-lhe actualmente de cerca de três dezenas de origens, sendo o Vietname, Colômbia e Brasil os países com maior volume de café verde adquirido.

Recentemente, o Grupo Nabeiro assinou um protocolo com a Associação de Produtores Açorianos de Café. Marco Nanita explica que o apoio às comunidades e aos produtores de café sempre foi um dos eixos que nortearam a estratégia de sustentabilidade da Delta Cafés. «É dentro desse âmbito que se insere a celebração de um Protocolo de cooperação com a Associação de Produtores Açorianos de Café – APAC, com vista ao apoio, em todas as etapas da produção, preparação e comercialização do café dos Açores durante os próximos 15 anos.»

Actualmente, os maiores mercados em termos de volume de negócios de Delta Cafés são Portugal, Espanha, França, Angola e Brasil. Futuramente, a estratégia recairá sobre o crescimento dos mercados, não só através do aumento do valor do mercado de café, como também pelo alargamento do portefólio de outras categorias e marcas. «A internacionalização continua a ser uma das prioridades estratégicas para o Grupo Nabeiro – Delta Cafés e pretendemos manter a trajectória de crescimento, entrando em novos mercados e consolidando a nossa presença nas geografias onde já estamos presentes», confirma.

Espanha continua a apresentar crescimentos muito positivos, representando aproximadamente 15% do total da facturação do Grupo Nabeiro. O responsável defende que o enfoque no desenvolvimento de produtos e soluções adequados ao mercado, a qualidade do café aliado a um compromisso por níveis de serviço de excelência e, ainda, o alargamento do portefólio de produtos, contribuem para o sucesso que têm vindo a registar neste mercado e que, claro, ambicionam que continue a crescer.

O canal Horeca vale, actualmente, 50% do volume de negócios, a distribuição moderna cerca de 40 e os restantes em corporate e distribuição automática.

Inovar é a palavra de ordem

De maneira a manter a liderança, a inovação continua a ser um dos pilares estruturantes do Grupo Nabeiro – Delta Cafés. «Consideramos que é um dos nossos principais factores para promover o crescimento e melhorar a experiência do cliente. Pretendemos continuar a surpreender o consumidor, ano após ano, criando tendências e acrescentando valor aos vários momentos de consumo e de partilha proporcionados pelo café», comenta o responsável de marketing da Delta Cafés.

Neste contexto, em Maio foi dada a conhecer a parceria da Delta com a startup NÃM, num processo inovador que visa a transformação de borras de café em cogumelos. O responsável explica que a consciencialização para a necessidade de preservação do meio ambiente, focada nos princípios da economia circular, levaram a Delta a desenvolver uma parceria com a startup NÃM, num processo inovador de transformação de borras de café em alimento – cogumelos.

«O conceito “from waste to taste”, criado em 2018 por Natan Jacquemin, fundador da startup, tem um método de aproveitamento simples e inicia-se quando a água quente, na extracção de “uma bica”, passa pelo café, limpando desta forma a borra. O processo de preparação de um café só utiliza 1% da sua biomassa, sendo os restantes 99% considerados desperdício. Esta borra representa um substrato limpo e rico em nutrientes, um excelente alimento para os cogumelos», explana o profissional.

A Delta Cafés procede assim à recolha das borras de café nos seus clientes através de recipientes próprios, maximizando a eficiência operacional através de uma produção mais sustentável.

Ainda no âmbito da inovação, em Janeiro a Delta lançou a Delta Drip Coffee, um produto que pretende ir ao encontro das novas tendências da geração millennial e de todos aqueles que têm um estilo de vida mais activo e procuram novas formas de beber café.

«Temos verificado junto dos consumidores curiosidade e receptividade a esta nova oferta», conta o responsável, acrescentando que o Drip Coffee é composto por café puro, 100% arábica, «proveniente das melhores origens e as vantagens de utilização são imensas, das quais destacamos a versatilidade (nova experiência de preparação) e portabilidade, característica cada vez mais valorizada pelos consumidores nos dias de hoje». A Delta Cafés não tem duvidas de que o seu formato ousado e a qualidade do café fazem desta inovação uma experiência única, que promete atrair novos momentos de consumo e conquistar novos consumidores para a marca. Um café de filtro, fácil de preparar, para saborear lentamente.

Entre as novidades da marca destaque para o lançamento do Croffee, criando uma nova categoria dentro do universo Delta. Marco Nanita salienta que se trata de uma inovação interna do Grupo Nabeiro – Delta Cafés, que assinala a entrada no mercado das barras de cereais. Croffee é uma barra de cereais saudável, saciante e estimulante, que foi pensada para todos os que têm uma vida preenchida, activa e que não abdicam de se cuidar o mais possível.

Neste momento foram já lançadas duas variedades: Cereais com café e Cereais com café e chocolate negro. «No futuro e a seu tempo falaremos sobre outras novidades», diz, deixando em aberto a possibilidade de novas variedades.

A pensar em diferentes momentos de consumo, a Delta lançou o Go Chill, uma bebida fria de café com leite, disponível nas variantes Cappuccino Aveia, Caffe Latte e Cappuccino. «Embora tenha passado ainda pouco tempo sobre a chegada da gama Go Chill ao mercado, os primeiros resultados são muito animadores. E permitem desde já confirmar que faz todo o sentido a nossa aposta neste segmento de mercado e de consumo», assegura o responsável de marketing.

 

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Page Assessment tem novo Executive manager
Automonitor
Conselhos para conduzir à chuva