Nova pasta 100% caju do Continente reverte a favor de crianças na Guiné-Bissau

O Continente tem uma nova pasta 100% caju, feita a partir de castanha de caju de origem africana que é, depois, transformada num produto de valor acrescentado em Portugal. Parte das vendas deste artigo reverte a favor da Hope for Fulanis, organização que trabalha, entre outros, para promover o acesso à nutrição básica junto de crianças no interior da Guiné-Bissau.

Segundo o Continente, a Hope for Fulanis tem um protoloco de acção e incentivo à escolaridade, no âmbito do Programa Mundial de Alimentos  (PMA) das Nações Unidas, e já fundou 15 escolas primárias, que matriculam mais de 1.900 crianças e que influenciam mais de cinco mil pessoas por ano.

Com os fundos angariados através da nova pasta 100% caju, o objectivo é criar um centro de prevenção à desnutrição infantil, que garante o acesso a refeições gratuitas por parte de centenas de crianças guineenses. O cuidado com a alimentação deverá contribuir também como incentivo para a sua escolaridade e desenvolvimento físico, cognitivo e emocional.

«No Continente, estamos empenhados em continuar a criar valor social, sabendo da nossa responsabilidade enquanto marca que está presente na vida de todos. Não nos distanciaremos do nosso propósito e da ambição de gerar e ajudar a criar impacto positivo na sociedade, em prol de um futuro cada vez mais sustentável», comenta Ana Alves, directora Comercial de Marcas Próprias da Sonae MC.

Sobre o novo produto, o Continente indica ainda que se trata de uma fonte natural de proteína, que permite reforçar também o compromisso da marca própria no sentido de democratizar o acesso a produtos nutricionalmente equilibrados.




loading...
Artigos relacionados

Comentários estão fechados.