Notícias online ultrapassam imprensa e rádio pela primeira vez

Nos EUA, o consumo de notícias online ultrapassou pela primeira vez o consumo em imprensa e rádio, tendo atingido o valor mais elevado desde os anos 90 do séc. XX. A conclusão é do estudo “Trends in News Consumption: 1991 – 2012”, levado a cabo pelo Pew Research Center for the People & the Press.

De acordo com a mesma investigação, não é apenas a imprensa e a rádio que sofrem com os novos hábitos de consumo de media. Como faz notar o Blue Bus, também a televisão tem vindo a perder influência e a manifestar uma maior vulnerabilidade, apesar de se manter na liderança.

55% dos inquiridos no estudo afirmou assistir ao noticiário na televisão. Em 1991 essa fatia era de 68%. Segue-se o consumo de notícias online, com 39%, e em rádio, com 33%. Uma fatia de 29% dos participantes no estudo consulta as notícias nos jornais.

A percentagem de americanos que afirma ter lido notícias nas redes sociais cresceu de 9 para 19%. Entre os adultos com menos de 30 anos, 33% viu as notícias numa rede social, no dia anterior, 34% na televisão e 13% num jornal, digital ou impresso.

 
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Esta ferramenta promete vir revolucionar a Segurança e Saúde no Trabalho
Automonitor
EMEL deixa mais de 120 pessoas à espera de lugar por causa de artista