Nokia Siemens quer criar 1500 postos de trabalho em Portugal

reference_nokia_siemens1A Nokia Siemens Networks anunciou na passada terça-feira a celebração de um acordo com o Governo português para a criação de um Global Delivery Center (GDC) em Lisboa. O investimento deverá totalizar 90 milhões de euros ao longo de dois anos, e poderá criar 1500 postos de trabalho.

Com este «investimento estratégico», a Nokia Siemens Networks pretende «instalar em Portugal um grande centro de prestação de serviços, que será um dos maiores ao nível europeu», explicou João Picoito, director da empresa para a Europa do Sul, Leste e Central, na conferência de imprensa de apresentação do projecto, citado pelo Jornal de Negócios.

O novo centro – um dos três centros globais de prestação de serviços da tecnológica -, será localizado nas actuais instalações da empresa, em Lisboa. O centro “disponibilizará ferramentas, processos e recursos altamente qualificados para gerir remotamente redes de banda larga móveis para operadores em todo o mundo”, explicou a multinacional, citada pela agência Lusa.

O investimento, estimado em 90 milhões de euros ao longo de dois anos, será aplicado em “recursos, formação, infra-estruturas de tecnologias de informação, ferramentas e plataformas de testes”, informou a empresa. No âmbito do acordo assinado, o Governo português vai disponibilizar um pacote de incentivos para apoiar a criação do centro.

Com este projecto, a Nokia Siemens Networks Portugal prevê a possibilidade de duplicar o número de colaboradores até ao final de 2013. Actualmente trabalham 1500 pessoas na subsidiária portuguesa.

A Nokia Siemens Networks resulta de uma parceria entre as empresas tecnológicas Nokia e Siemens, e gere infra-estruturas de telecomunicações.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Os números não enganam. Portugal está entre os piores pagadores
Automonitor
Combustíveis: Boas notícias para os condutores a partir desta segunda-feira