Nokia perde terreno no combate dos smartphones

nokia_logo2_Depois de publicar os resultados do quarto trimestre, a Nokia, fabricante finlandesa de telemóveis, voltou a constatar que o seu papel no campo dos smartphones é cada vez mais reduzido. A informação, avançada pelo económico Cinco Días, acrescenta ainda que em apenas três meses, a Nokia passou de uma quota de 38% a 31% no fecho de Dezembro, perante o crescimento do iPhone e dos telefones da Samsung e da Google. Em 2009, a sua quota era de 40%.

Neste início de ano, as perspectivas da insígnia nórdica não são positivas, tendo já afirmado que as suas margens de lucro serão menores que no último trimestre. Na manhã de ontem as acções da Nokia chegaram a cair em 8,7%, recuperando-se de seguida graças à intervenção de Stephen Elop. O CEO da insígnia, que assumiu o cargo em Setembro, anunciará dentro de duas semanas a nova estratégia para a marca, que tem por objectivo voltar a apostar em mercados até agora esquecidos, como o dos EUA.

Enquanto não chega a nova estratégia que pretende melhorar os resultados, a Nokia registou no quarto trimestre uma queda de 21,4% dos lucros, a terceira consecutiva, para cerca de 745 milhões de euros. Já as vendas, cresceram em 6%. A empresa anunciou ainda que espera para 2011 o mesmo valor de acções registado em 2010.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
O impacto da Inteligência Emocional nas empresas
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo