No Risk: Como vai descalçar esta bota? Não precisa

Produzir calçado profissional que seja também adequado para usar no quotidiano é a missão da No Risk. A marca de Guimarães quer tornar o calçado profashional uma moda.

Texto de Daniel Almeida

É mesmo necessário ter umas botas para trabalhar e outras para o dia-a-dia? A No Risk diz que não. A marca portuguesa de calçado profissional quer dar um novo andamento ao segmento profashional, através do desenvolvimento de modelos que aliam segurança e lifestyle, funcionalidade e estética, sem necessidade de alternar o calçado na rua. Criada em 1996 pela ICC – Indústrias e Comércio de Calçado, uma empresa de Guimarães, tem como objectivo desenvolver as botas de trabalho mais duradouras, para calçar profissionais de sectores onde a segurança é a prioridade número um. Ao longo dos anos, a marca foi expandindo a sua pegada no mercado internacional: no ano passado, registou um volume de negócios de 8 milhões de euros (quase metade dos 20 milhões facturados pela ICC), sendo que 90% das receitas vieram da exportação, com destaque para mercados como Irlanda, Suíça, Bélgica e Países Baixos.

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Dezembro de 2022 da revista Marketeer.




loading...
Artigos relacionados

Comentários estão fechados.