Murdoch e Abu Dhabi podem controlar grupo Financial Times

jornais_21,2 mil milhões de dólares (920 mil euros) é o valor que estará a ser negociado por Rupert Murdoch e pelo Grupo Abu Dhabi para a aquisição do Grupo Financial Times.

A notícia foi avançada hoje pela revista The Edge Review, com sede na Malásia, segundo a qual as negociações decorrem há mais de um mês e deverão estar prestes a ser concluídas.

Caso saia fumo branco em relação ao negócio com a britânica Pearson, actual proprietária do Grupo do Financial Times, Rupert Murdoch adicionaria o título do Financial Times assim como 50% da revista The Economist ao seu império que inclui já o The Wall Street Journal, o Dow Jones, e outros serviços de informação financeira.

Ainda segundo a The Edge Review, o Abu Dhabi Media Group, controlado pelo governo dos Emirados Árabes Unidos, deverá adquirir o controlo de cerca de 75% do grupo Financial Times, e Murdoch os restantes 25% (tendo o magnata ainda a intenção de comprar outros 25% posteriormente).

De acordo com a informação, citada pela AFP, estão a ser acertados os detalhes do financiamento, assim como a estrutura accionista da nova empresa que será a dona do grupo FT.

Recorde-se que após o escândalo das escutas clandestinas, o Grupo de Rupert Murdoch dividiu-se em dois. The Wall Street Journal, The Sun, The Times e The New York Post são geridos pela News Corp, e a 21st Century Fox controla os estúdios de Hollywood 20th Century Fox e o canal de televisão Fox.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
O Jim não é humano mas já é o melhor recrutador do maior banco de Singapura
Automonitor
Escapadinhas: Avis lança a campanha “Weekend XXL”