Morreu Alexandre Soares dos Santos

Alexandre Soares dos Santos, antigo presidente da Jerónimo Martins, faleceu na passada sexta-feira, 16 de Agosto, aos 84 anos. O empresário sofria de cancro.

As cerimónias fúnebres serão reservadas à família, por vontade expressa do empresário, mas fonte da família adiantou à agência Lusa que haverá um momento público de homenagem, em data a anunciar.

Nascido no Porto a 23 de Setembro de 1934, Alexandre Soares dos Santos liderou o grupo Jerónimo Martins, que detém o Pingo Doce, durante 46 anos, liderando o processo de expansão internacional do grupo, primeiro para o Brasil e depois para a Polónia (sob a marca Biedronka) e Colômbia (Ara). Em 2013, aos 79 anos, abandonou o comando do grupo, passando o testemunho ao filho, Pedro Soares dos Santos.

Alexandre Soares dos Santos criou também, em 2009, a Sociedade Francisco Manuel dos Santos, a holding familiar que é hoje a maior accionista (com 56,1% do capital) do grupo Jerónimo Martins e financiadora da Fundação Francisco Manuel dos Santos (FFMS). Em Março de 2017, foi condecorado por Marcelo Rebelo de Sousa com a Grã-Cruz da Ordem do Mérito Empresarial.

Em reacção à notícia da sua morte, numa nota publicada na página da Presidência da República, Marcelo Rebelo de Sousa enalteceu o «relevante papel na vida económica, social e cultural portuguesa» do empresário, evocando a «personalidade singular» do antigo presidente do grupo Jerónimo Martins.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Qual é, afinal, o papel do líder?
Automonitor
Maratonas condicionam trânsito em Lisboa (conheça as vias afetadas)