Millennials vêem menos TV mas o impacto é maior

Um inquérito realizado a 1001 internautas norte-americanos revela que aquilo que os Millennials vêem na televisão inspira-os “sempre” ou “frequentemente” no processo de compra. Dados do Video Advertising Bureau (VAB) indicam que 43% dos utilizadores desta geração são influenciados por acções de product placement ou anúncios transmitidos durante os programas a que assistem.

Para a maioria, as marcas presentes nos programas têm maior impacto do que aquelas que surgem apenas nos intervalos comerciais. Os Millennials são, aliás, mais propensos do que as gerações mais velhas a comprar um produto ou serviço que viram numa série, por exemplo.

Contribui para este fenómeno o envolvimento digital dos jovens, uma vez que os inquiridos indicam seguir os programas e respectivos intervenientes (actores, apresentadores ou jornalistas, entre outros) nas redes sociais. Também partilham publicações nos seus perfis e comentam no Twitter, segundo indica Mark Dolliver, analista na eMarketer.

«Já que o envolvimento com os seus programas preferidos não é meramente passivo, faz sentido que os Millennials possam estar mais inclinados do que os adultos em geral a agir como consequência de um programa», avança o mesmo profissional.

No entanto, embora o impacto possa ser maior junto dos Millennials, esta geração não vê tanta televisão como as restantes. Dados referentes aos Estados Unidos da América revelam que os consumidores entre os 18 e os 24 anos vêem televisão apenas 93 minutos por dia. A faixa etária entre os 45 e os 54 vê uma média de 240 minutos.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Automonitor
Hyundai promete novo SUV híbrido plug-in para Los Angeles