Microsoft ajuda Barnes & Noble a combater a Amazon

nook1A empresa tecnológica Microsoft vai investir 300 milhões de dólares (cerca de 227 milhões de euros) na criação de uma nova unidade de e-books da Barnes & Noble, que tem como objectivo aproximar-se da Amazon no mercado dos livros digitais.

A Microsoft vai deter uma percentagem de 17,6% da nova subsidiária da Barnes & Noble, que irá criar uma aplicação do e-reader da marca, o Nook, para o próximo sistema operativo da Microsoft, o Windows 8, anunciaram hoje as duas empresas, citadas pelo Financial Times. A aplicação permitirá, segundo a agência Bloomberg, alargar a base de clientes da livraria digital da Barnes & Noble a centenas de milhões de consumidores.

A Barnes & Noble vai assumir a restante percentagem do capital da spin-off, que vai juntar os negócios de e-book e manuais de ensino superior da cadeia de livrarias. A subsidiária – que ainda não tem nome – terá um valor de mercado de 1,7 mil milhões de dólares, segundo a Bloomberg.

A Microsoft é o «parceiro ideal» para esta operação, afirmou William Lynch, presidente executivo da Barnes & Noble, citado pela Bloomberg. A empresa sediada em Nova Iorque já havia, em Janeiro passado, anunciado que estava a estudar uma “separação estratégica do seu negócio digital no sentido de maximizar o valor para os stakeholders”, recorda o Financial Times.

De acordo com a Bloomberg, a Barnes & Noble detém uma quota de cerca de 30% no mercado norte-americano dos e-book, contra a quota de 60% detida pela Amazon.

Outra estratégia da Barnes & Noble para aumentar a sua participação no mercado prende-se com o lançamento do primeiro e-book que permite ler no escuro, o Nook Simple Touch with Glowlight. A Amazon também está a desenvolver a mesma tecnologia.

 

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
A sua empresa pode fazer sorrir crianças hospitalizadas. Saiba como.
Automonitor
Já conhece os novos sinais de trânsito?