MC dá apoio extraordinário de 500 euros a 36 mil colaboradores

A MC vai dar aos seus colaboradores um apoio extraordinário de 500 euros. Esta medida irá abranger 36 mil pessoas, o que representa um investimento superior a 15 milhões de euros. De acordo com a empresa, esta medida poderá ajudar a “mitigar os impactos sentidos no custo de vida, proporcionando um Natal melhor para todos, no contexto particularmente difícil que estamos a viver”.

Além disso, a MC tem vido a reforçar o pacote interno de benefícios financeiros e sociais aos colaboradores, aumentando também o subsídio de refeição em cerca de 22 euros por mês. Estão também incluídos um plano de telecomunicações com voucher para aquisição de telemóvel, seguro de saúde e de vida e acesso a vantagens e parcerias exclusivas em diferentes áreas (lazer, saúde e bem-estar, educação).

Mas os apoios não ficam por aqui, passando ainda por um reforço da oferta de bens alimentares que disponibiliza às suas pessoas nas áreas sociais das operações de loja e logística e pela atribuição de mais dois dias de férias a todos os colaboradores.

«O nosso compromisso com a sociedade, neste momento difícil, começa cá dentro e desde logo com as nossas pessoas. E, por isso, por estarmos atentos ao seu bem-estar, quisemos proporcionar-lhes uma época festiva mais feliz junto das suas famílias. Sabemos que momentos extraordinários exigem medidas extraordinárias, e por esse motivo, este ano, decidimos avançar com esta medida especial», comenta, em comunicado, Vera Rodrigues, head of People da MC.

A MC não é a primeira a tomar medidas para ajudar os seus colaboradores no contexto de crise que já se vive, uma vez que a IKEA anunciou recentemente o aumento do ordenado mínimo de 750 euros para mil euros a partir do próximo ano.




loading...
Artigos relacionados

Comentários estão fechados.