Marcas respondem a campanha contra objectificação das mulheres

Burger King, Tom Ford e Budweiser foram apenas algumas das marcas implicadas na campanha #WomenNotObjects da agência Badger & Winters. O vídeo reúne já mais de 1,4 milhões de visualizações e obrigou a que tivesse início a discussão sobre a objectificação das mulheres na publicidade.

Além das mensagens de apoio por parte de celebridades como Ashton Kutcher ou Alanis Morissette e de organizações como Global Fund for Women e UN Women, também as marcas tiveram algo a dizer. A AdAge explica que nenhuma das marcas em questão tentou falar com a Badger & Winters mas que, quando contactadas pela publicação, aceitaram esclarecer o seu envolvimento, ainda que involuntário, na campanha.

A título de exemplo, o anúncio da Fiat retratado no vídeo foi utilizado uma vez apenas para uma edição especial da Sport Ilustrated. Um porta-voz da marca explicou que a campanha foi criada especificamente para aquela ocasião e que não voltou a ser utilizada.

Já a 3M, proprietária da marca Post-It, esclarece que o anúncio retratado na campanha não foi criado ou aprovado pela marca. A imagem que surge no vídeo mostra um casal a dormir, sendo que a mulher tem um post-it na testa com o nome dela, presumivelmente para o que o homem não se esqueça. Trata-se, no entanto, de um anúncio criado enquanto exercício criativo pela Jupiter Drawing Room e que não contou com a aprovação da 3M.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
A sua empresa pode fazer sorrir crianças hospitalizadas. Saiba como.
Automonitor
Novo Alpine A110S pronto para encomendar em Portugal