Mango: vendas via tablet superam computador

No Natal de 2017, as vendas online da Mango tiveram como principal ponto de partida os tablets. Estes dispositivos superaram, pela primeira vez, os computadores, tendo representado 52% do total das vendas realizadas na loja online da insígnia espanhola (em 2016, tinha sido apenas 44%).

Além disso, indica a Mango, sete em cada 10 visitas aos meios digitais da marca são feitas já a partir de dispositivos móveis. «As pessoas deixaram de hesitar em comprar através de dispositivos móveis e é uma tendência que não deixará de crescer nos próximos anos», garante Elena Carasso, directora de e-commerce da Mango.

A Mango tem uma presença online em mais de 80 países, incluindo Portugal. Este ano, pretende aumentar este número e chegar a novos mercados. Os planos da marca apontam 2020 como o ano em que o comércio electrónico será responsável por 20% do total da facturação.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Qual é, afinal, o papel do líder?
Automonitor
Maratonas condicionam trânsito em Lisboa (conheça as vias afetadas)