Mango aposta no online e perspectiva retorno de 7% da sua facturação global

mango-logo_A marca espanhola de moda aposta em chegar a todo o mundo através da internet, com as vendas online a alcançarem, em 3 anos, 7% da facturação global da Mango.

Em finais de 2009, a Mango deu início ao plano de expansão para vender através de corners e e-tailers multimarca nas principais lojas online. Neste momento, a marca já está presente na ASOS, John Lewis ou House of Fraser no Reino Unido, na Nelly para os países nórdicos, na Boutique.ru para a Rússia, na Lotte ou Akmall para a Coreia, na V&D para a Holanda e na Amazon para os EUA.

A tudo isto junta-se a recente incorporação na maior plataforma de e-commerce na China: Taobao. Com mais de 190 milhões de utilizadores registados, a Taobao atingiu em 2009 um volume de transacções superior a 200.000 milhões de yuans chineses.

O mesmo plano de expansão está a ser levado a cabo na loja virtual propriedade da marca que já oferecia uma grande cobertura geográfica. Actualmente, está acessível nos 27 países da UE, bem como em países europeus não comunitários como Andorra, Ceuta, as Ilhas Canárias, as Ilhas Anglonormandas, Liechtenstein, Melilla, Mónaco, Noruega e Suíça, além do Canadá, Japão e dos EUA. Em Janeiro de 2010, incorporou-se a Turquia e recentemente a China, estando prevista a abertura na Rússia, para a próxima estação de Outono 2010, e em vários países asiáticos, para finais de ano.

 

Em 2009, a venda online representou para a firma uma facturação de 11,7 ME, o que implica um aumento de 47% em relação a 2008, representando 1% da facturação do grupo. A previsão para este ano é duplicar esse número.

No primeiro semestre de 2010, a facturação da firma na Internet conseguiu já ultrapassar em mais de 80% o mesmo semestre do ano anterior.

O peso da loja virtual da marca dentro da facturação continua a predominar com 80%, visto que a venda através de terceiros é muito recente.

A Mango, que inaugurou o seu portal de venda em 2000, regista uma média mensal superior a 2 milhões de visitas. Neste momento, o número de utilizadores registados cresceu até ultrapassar os 980.000.

Actualmente, realizam-se mais de 15.000 pedidos por mês, com um talão médio de cerca de 90 euros. O prazo de entrega médio ronda entre dois e três dias úteis.

Coincidindo com o décimo aniversário da Mangoshop.com, a marca está a redesenhar a sua loja online orientada para a tecnologia web 2.0, que incorporará novas funcionalidades.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Acompanha aqui o lançamento oficial do Sapo Prime, uma nova forma de comprar conteúdos jornalísticos
Automonitor
Europa: Vendas da Hyundai superam mercado