Majora retoma produção

Majora1_2A fabricante de brinquedos portuense Majora foi adquirida pela holding de investimentos The Edge Group por 1,6 milhões de euros e vai retomar a produção, que estava suspensa desde Fevereiro de 2013.

O negócio inclui não só a compra da Majora e respectivo museu, como de todo o mundo de entretenimento associado à marca, o qual abrange jogos como o Sabichão, o Mikado e o Jogo da Glória, entre outros. “Nos próximos meses, o objectivo do The Edge Group passa por encontrar os parceiros mais indicados para desenvolver em conjunto esta marca histórica portuguesa”, adianta o grupo, acrescentando que a aquisição foi feita através da Edge Ventures, área de negócio vocacionada para o investimento em empresas de elevado potencial de crescimento.

«O The Edge Group vai dar uma nova vida à Majora. O relançamento da marca terá uma componente digital que, nos dias de hoje, não pode nem deve ser desprezada, mas tem como ambição “regressar às origens” e voltar a reunir pais e filhos à volta de jogos de tabuleiro. Acreditamos que a aposta na Majora é também uma aposta na valorização dos momentos em família, já que os jogos nos tablets e nas consolas tendem a isolar as crianças», afirma José Luís Pinto Bastos, CEO do The Edge Group, que no ano passado adquiriu e relançou também a marca Labrador.

Os primeiros produtos da nova geração da Majora – que completa este ano 75 anos – deverão chegar ao mercado ainda durante o primeiro semestre deste ano.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Zmar tem novos directores para os Departamentos Comercial e de Marketing
Automonitor
Confirmado: Peugeot 508 Sport Engineered chega em 2020