Luís Onofre: calçado português tem estatuto de arte

Volvida uma década desde o lançamento da campanha “Portuguese Shoes”, que visava a internacionalização da indústria de calçado, Luís Onofre está confiante de que os sapatos portugueses já conquistaram o estatuto de objecto de arte. De acordo com o presidente da Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes e Artigos de Pele e Seus Sucedâneos (APICCAPS), a evolução verificada junto do sector permite fazer esta afirmação.

Partindo desta ideia, a associação desenvolveu uma campanha de celebração dos 10 anos do lançamento do projecto que conta com a Arte como elemento central. Com a ajuda da Companhia Nacional de Bailado, a APICCAPS apresenta um trabalho de comunicação em que a dança e o calçado se confundem.

«Esta é uma campanha substancialmente diferente de todas as outras efectuadas até hoje, mas nem por isso é menos ousada: renovamos a ambição de tornar o calçado português uma grande referência internacional, pelo design, inovação e bom gosto», comenta Luís Onofre, em comunicado.

Desde o arranque de “Portuguese Shoes”, em 2008, as exportações portuguesas de calçado cresceram 60%, atingindo os 1,9 mil milhões de euros (2017). Trata-se de um marco histórico para a indústria, de acordo com a APICCAPS.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
A sua empresa pode fazer sorrir crianças hospitalizadas. Saiba como.
Automonitor
Novo Alpine A110S pronto para encomendar em Portugal