Lucros da Sonae Sierra crescem 12% em 2011

sonaeNo ano passado, a Sonae Sierra registou um resultado líquido consolidado de 9,7 milhões de euros, o que representa um aumento de 12% em relação aos 8,7 milhões de euros arrecadados no ano anterior.

O resultado líquido foi impulsionado por um aumento de 6% do resultado directo, “consequência da resiliência e da melhoria da eficiência operacional do portefólio de activos”, explica a Sonae Sierra no comunicado enviado à CMVM, o regulador do mercado de valores mobiliários em Portugal.

O EBITDA da empresa recuou 9% para 112,8 milhões de euros, que compara com os 124,9 milhões de euros registados no exercício de 2010. A diminuição dos resultados operacionais deve-se à venda de alguns centros comerciais na Europa – Alexa (situado na Alemanha) e Mediterranean Cosmos (Grécia), em 2010, e Plaza Ebóli e El Rosal (ambos em Espanha), em 2011 – e a bem-sucedida Oferta Pública Inicial (IPO, na sigla inglesa) no Brasil, no primeiro trimestre de 2011, que conduziram a uma queda de 8% dos proveitos directos dos investimentos, para 209,2 milhões de euros.

“O portefólio global gerido pela Sonae Sierra apresentou um desempenho positivo, tendo em conta a evolução actual das vendas a retalho em alguns dos mercados onde a empresa opera, com as vendas dos lojistas a caírem apenas 0,2% em 2011 face ao período homólogo de 2010”, lê-se no comunicado da companhia.

Actualmente, a Sonae Sierra tem em construção cinco centros comerciais, que representam um investimento total de 522 milhões de euros, como o Solingen Shopping, na Alemanha, e o Passeio das Águas Shopping, no Brasil.

No ano passado, os 49 centros comerciais sob gestão da empresa em todo o mundo receberam mais de 428 milhões de visitas.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Patrões portugueses são os menos instruídos da Europa
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo