Lucros da Mango subiram 9% em 2013

Mango_rsA marca espanhola de roupa Mango anunciou que fechou o ano passado com um resultado líquido de 120,5 milhões de euros, o que representa um aumento de 9% em relação ao exercício do ano anterior.

No período em análise, as vendas da marca, sediada em Barcelona, totalizaram 1,85 mil milhões de euros, mais 9% em relação a 2012, sendo que 83% da facturação correspondeu ao mercado externo. Quanto ao EBITDA (resultados antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) cifrou-se em 229,9 milhões de euros, adianta a Mango em nota de imprensa.

Já o canal online, uma das apostas da marca, foi responsável por vendas de 124 milhões de euros, o que representa 6,7% da facturação total da empresa. “A Mango, que já está disponível através da internet em 64 países, tem previsto para este ano começar a sua expansão online na Austrália e em vários países da América Central e do Sul, bem como continuar com a ampliação de novos mercados na Europa, Ásia e Médio Oriente”, sublinha a marca.

Em 2013, a marca catalã continuou o seu plano de expansão na Europa, sobretudo através da inaguração de “megastores” (lojas com uma superfície de 800 a 3000 metros quadrados), tendo chegado ao final do ano com uma superfície de venda total de 600 mil metros quadrados em todo o mundo. Em 2014, pretende ampliar este número para 723 mil metros quadrados, bem como investir 300 milhões de euros em novas aberturas, reformas de lojas, sistemas logísticos e de informação.

A marca informa ainda que criou 1200 empregos a nível mundial no ano passado, alargando a sua rede a mais de 13 mil colaboradores em todo o mundo.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Estes 10 benefícios vão ser os mais desejados pelos colaboradores em 2020
Automonitor
Os peculiares protótipos que a Daihatsu vai levar a Tóquio