Lucros da HP caem 32% no primeiro trimestre

iHb3TY5VttVA_2A fabricante norte-americana de computadores Hewlett-Packard (HP) anunciou que obteve um resultado líquido de 1,08 mil milhões de dólares (cerca de 834 milhões de euros) nos primeiros três meses do ano, o que representa uma quebra de 32% em relação aos 1,59 mil milhões de dólares (1,23 mil milhões de euros) acumulados no período homólogo do ano passado.

No segundo trimestre fiscal (que terminou no final de Março), as vendas regrediram em todas as divisões de negócio, o que levou as receitas da companhia a cair 10%, em termos homólogos, para 27,6 mil milhões de dólares (21,3 mil milhões de euros). No segmento de computadores, as vendas afundaram 20%, para 7,58 mil milhões de dólares (5,85 mil milhões de euros). De acordo com a consultora de mercado IDC, as vendas mundiais de computadores caíram, em média, 14% no primeiro trimestre do ano, a maior quebra desde que há registo.

As perdas no negócio de computadores já levaram a CEO da HP, Meg Whitman, a anunciar um plano de reestruturação que irá resultar no despedimento de 29 mil colaboradores até ao final do ano fiscal de 2014. Com este plano, a tecnológica estima poupar 3,5 mil milhões de dólares por ano e fortalecer a rentabilidade da divisão de computadores.

Entre Janeiro e Março, as vendas no negócio de impressoras mantiveram-se praticamente estagnadas, tendo caído menos de 1%, mas a margem operacional progrediu de 13,2 para 15,8% no espaço de um ano. Já a divisão de serviços para empresas registou uma queda de 7,6% das receitas, para seis mil milhões de dólares (4,64 mil milhões de euros).

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Estes 10 benefícios vão ser os mais desejados pelos colaboradores em 2020
Automonitor
Os peculiares protótipos que a Daihatsu vai levar a Tóquio