Lucros da Hermès crescem 28% no primeiro semestre

No primeiro semestre do ano, a marca de artigos de luxo Hermès obteve um resultado líquido consolidado de 335,1 milhões de euros, mais 28% em relação aos 290,9 milhões de euros que arrecadou em igual período do ano passado.

As vendas consolidadas da Hermès totalizaram 1,59 mil milhões de euros nos primeiros seis meses do ano, o que representa um aumento de 21,9% em relação ao período homólogo, anuncia a marca em nota de imprensa.

O negócio da empresa cresceu em todas as áreas geográficas onde actua, com destaque para um aumento de 25% das vendas no mercado asiático (liderado por China, Singapura e Hong Kong), 10% na França e 21% no resto da Europa, bem como um incremento de 9% no mercado americano.

A divisão de negócios de roupa e acessórios foi uma das que mais contribuiu para os resultados da empresa, tendo registado um aumento de 21% das vendas, sobretudo devido ao “sucesso das colecções ready-to-wear Primavera/Verão”, explica a Hermès. Também a área de negócio de perfumes apresentou um crescimento expressivo (+ 13%), devido ao sucesso das vendas do produto Terre d’Hermès e ao lançamento do novo perfume Voyage d’Hermès no primeiro trimestre do ano, avança a marca. Já a divisão de relógios cresceu 23%, o que demonstra que a área está a “colher os frutos de um investimento contínuo em know-how”, acrescenta.

Em virtude dos resultados alcançados no primeiro semestre do ano, a Hermès estima fechar o ano com um aumento das vendas em torno dos 12%.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Pedro Mota Soares assume liderança da Apritel
Automonitor
Sem paciência para trotinetes elétricas? Vêm aí as trotinetes autónomas!