Lucros da Hermès continuam a subir

Hermes-Birkin-35cm-6_rsNo primeiro semestre, a marca de acessórios de moda de luxo Hermès registou uma subida homóloga de 8% do seu resultado líquido, para 413 milhões de euros. Ainda assim, a marca mostra-se preocupada com as mudanças cambiais, que poderão prejudicar as suas margens de lucro na segunda metade do ano.

Entre Janeiro e Junho, as vendas da Hermès subiram igualmente 8%, para 1,91 mil milhões de euros. O lucro operacional fixou-se nos 621 milhões de euros, mais 6,3% em relação aos 584 milhões de euros acumulados no período homólogo do ano passado, mas a margem operacional recuou de 33,1% para 32,6%.

A marca parisiense, conhecida por artigos como as malas Kelly e Birkin, já tinha alertado para a possibilidade das suas margens poderem ficar aquém do esperado neste primeiro semestre devido à depreciação do dólar norte-americano e de muitas moedas dos países emergentes em relação ao euro. A maioria das vendas da Hermès é proveniente da Ásia e dos Estados Unidos da América, ainda que a maior parte das fábricas estejam localizadas na Europa.

Apesar do efeito cambial, a Hermès prevê uma subida de 10% das receitas até ao final do ano.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Isabel Barros distinguida com prémio «Excelência» na liderança. Foi a única portuguesa
Automonitor
Portugal a caminho de bater recorde de produção anual