Lisboa é a escolhida para receber Festival Eurovisão

Assim que Salvador Sobral venceu a edição deste ano do Festival Eurovisão da Canção estava decidido que Portugal seria o país anfitrião do evento em 2018. Agora, já se sabe também a cidade: Lisboa é a escolhida para acolher o espectáculo que une a Europa através da música.

Será nos dias 8, 10 e 12 de Maio que se realizará o próximo Festival Eurovisão da Canção, a ter lugar no Parque das Nações e na Praça do Comércio. As primeiras duas datas correspondem às semi-finais e a última à grande final.

De acordo com a RTP, foram avaliadas cinco cidades portuguesas – Braga, Gondomar, Guimarães, Lisboa e Santa Maria da Feira –, mas a capital acabou mesmo por vencer. A análise foi realizada pela estação pública nacional em parceria com a European Broadcasting Union (EBU).

A existência de uma sala de espectáculos com capacidade para entre oito e 10 mil espectadores, proximidade do aeroporto, rede hoteleira e de transportes, espaços para as estruturas técnicas e logísticas e envolvimento social foram alguns dos critérios tidos em conta.

A RTP avança ainda que as televisões de serviço público que fazem parte da EBU têm até meados de Setembro para apresentar a sua candidatura ao Festival Eurovisão da Canção 2018. O número de pessoas que compõe a delegação de cada país pode variar mas a previsão é de que aterrem em Lisboa cerca de 30 mil visitantes (nacionais e internacionais), entre concorrentes, imprensa, fãs, técnicos e espectadores.

Festival da Canção

Para determinar quem irá cantar por Portugal no próximo Festival Eurovisão da Canção será realizada uma nova edição do Festival da Canção. Desta vez, porém, não será Lisboa a receber o evento. Pela primeira vez em 16 anos, a competição terá lugar fora da Capital, tendo sido Guimarães a cidade eleita.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Portugal atraiu 610 estrangeiros «altamente qualificados» através deste programa
Automonitor
Regulamento da mobilidade elétrica obriga a celebrar contratos de adesão