Lilly é a câmara que segue o dono

A câmara Lilly foi criada para quem gosta de actividades ao ar livre e quer filmar as suas aventuras sem ter de pedir a alguém para o fazer. Isto porque a Lilly é uma câmara voadora que segue o seu dono e capta imagens em alta definição.

A invenção é de Antoine Balaresque e Henry Bradlow e já foi comparada a um selfie stick apesar da sua utilização ser em nada semelhante. A Lilly foi desenhada para voar acima das pessoas, podendo filmar ou fotografar de múltiplos ângulos sem que, para isso, o seu proprietário tenha de fazer alguma coisa.

Basta ligar, atirar ao ar e deixá-la fazer o seu trabalho. De acordo com os seus criadores, é à prova de água, tem GPS ligado a um dispositivo que deverá andar sempre com o dono, segue as manobras mais radicais sem nunca estragar o enquadramento e voa até 40 km/h, embora não voe mais do que 30 metros ou 20 minutos de cada vez.

Por agora, está apenas em pré-venda no site por 499 dólares e pode ser encomendado para todo o mundo.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
O impacto da Inteligência Emocional nas empresas
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo