Lenovo destrona HP como maior fabricante de PCs

lenovo_2A chinesa Lenovo ultrapassou, no segundo trimestre do ano, a Hewlett-Packard (HP) como maior fabricante mundial de computadores pessoais (PCs, na sigla inglesa), segundo os dados da analista de mercado IDC.

Entre Maio e Junho, a empresa asiática registou uma quota de mercado de 16,7%, contra a quota de 15,3% no primeiro trimestre do ano. Por força da quebra das pequenas fabricantes, também a HP aumentou a sua quota de 15,7 para 16,4%, o que não foi suficiente para manter a liderança mundial.

Como recorda a agência Reuters, a Lenovo tem conseguido alavancar o seu negócios de computadores pessoais nos últimos anos, sobretudo através de operações de aquisição. No ano passado adquiriu a electrónica brasileira CCE, que se seguiu às aquisições da alemã Medion em 2011 e da divisão de PCs da IBM no ano 2005.

Ainda segundo a IDC, o segmento de PCs continua a perder terreno para os smartphones e tablets, tendo sofrido (pelo quinto trimestre consecutivo) uma quebra das vendas, na ordem dos 11,4%, no segundo trimestre, em relação ao mesmo período do ano passado. Ao todo, foram vendidos 75,6 milhões de PCs em todo o mundo.

E mesmo os gigantes dos PCs não têm resistido a alargar o seu portefólio ao florescente segmento de smartphones e tablets. A Lenovo não é excepção. «Tendo em conta o sucesso dos nossos smartphones na China, vamos lançá-los, de forma gradual, em diversos mercados», afirma Wong Wai Ming, chief financial officer (CFO) da Lenovo, citado pela Reuters.

Os analistas da IDC estimam que as vendas de PCs continuem a cair na segunda metade do ano, embora a um ritmo mais lento, à medida que as empresas adoptem a nova versão do Window 8, que trará de volta o icónico botão Iniciar.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Câmara de Lisboa vai contratar mais de 500 pessoas em diversas áreas
Automonitor
Escapadinhas: Avis lança a campanha “Weekend XXL”