Lembra-se da sua primeira bolacha?

Triumfo_Maria_2

Do bebé ao avô não há quem não se perca por uma bolacha. E a Triunfo está há 100 anos a ajudar a alimentar várias gerações de consumidores

Texto de M.ª João Lima

Estão presentes num snack a meio da manhã, para enganar a fome antes do almoço, ou num lanchinho a meio da tarde. São apreciadas por miúdos e graúdos e fazem parte do dia-a-dia de consumidores, sejam das classes mais altas ou das menos abastadas. No meio caminho entre pão e bolos, as bolachas nasceram para as massas.

A Sociedade de Mercearias e Farinhas, que anos mais tarde daria origem às Fábricas Triunfo, foi um projecto iniciado em 1913, em Coimbra, do sonho de um grupo de empresários liderados por Mário Pais. Desde muito cedo, as Fábricas Triunfo construíram um império que se alicerçava num conjunto de vários negócios. Bolachas e biscoitos era apenas um deles, mas havia outros, como moagem de cereais, massas alimentícias ou arroz, lembra Rodrigo Carmona, director de Marketing da Categoria de Bolachas da Mondelez Portugal, responsável pela marca Triunfo. No entanto, as bolachas desde sempre foram o grande foco da companhia em termos de inovação, de comunicação e apoio publicitário.

Para ler a entrevista na íntegra, consulte a edição de Julho de 2013 da revista Marketeer.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Esta ferramenta promete vir revolucionar a Segurança e Saúde no Trabalho
Automonitor
AUTOBEST 2020: Novo Opel Corsa é um dos finalista