Leite de Vacas Felizes inaugura nova imagem da Terra Nostra

Há cerca de uma semana que as prateleiras de alguns supermercados têm um novo morador. O resultado do programa “Leite de Vacas Felizes” da Terra Nostra, lançado em Janeiro do ano passado, está pronto para ser apresentado aos consumidores sob a forma do primeiro leite de pastagem português. E o que é isto do leite de pastagem? É o produto de vacas que se alimentam exclusivamente do que a Natureza dá, neste caso das pastagens dos Açores. Os animais envolvidos no projecto estão ao ar livre 365 dias por ano, encontrando nas ervas frescas do arquipélago as suas refeições. Adeus, rações. O programa assenta ainda em pilares como sustentabilidade, para que os recursos naturais não se esgotem, e bem-estar animal: as vacas felizes são vacas sem stress.

Disponível nas variedades meio-gordo e magro, o Leite de Pastagem Terra Nostra deverá estar em todos os supermercados até ao final deste mês, altura em que arranca também a nova campanha de comunicação da marca. O objectivo é não só promover o produto como também dar a conhecer os frutos do processo de rebranding que está a tornar a Terra Nostra numa marca diferente. Antes de mais, o icónico vermelho que acompanhava o logótipo chegou ao fim. A cor vai continuar a estar presente no queijo da marca mas desaparece dos restantes produtos. O objectivo é eliminar a ideia frequente de que Terra Nostra é apenas queijo e re-apresentá-la ao mercado enquanto produtora de produtos lácteos, como explicou à Marketeer Paula Gomes, directora de Marketing da Bel Portugal, empresa que detém a Terra Nostra e ainda marcas como A Vaca que Ri, Limiano e Babybel.

Posto isto, o vermelho foi substituído por tons de verde que fazem lembrar as pastagens que dão vida ao mais recente rebento da Terra Nostra. O Leite de Pastagem é o primeiro a receber a nova imagem, sendo que o objectivo é alargar, progressivamente, a sua implementação a todos os produtos, disse Paula Gomes. Mas não é só o logótipo que está diferente. A identidade renovada da Terra Nostra, assinada pela Young & Rubicam, conta também com uma assinatura pronta a estrear: “O Bem, bem feito”.

terra nostra

Ao todo, o projecto representa o maior investimento da empresa em qualquer uma das suas marcas até hoje, segundo explicou Ana Cláudia Sá, directora-geral da Bel Portugal, na apresentação do Leite de Pastagem Terra Nostra que decorreu ontem, na zona da Ribeira Grande na ilha açoriana de São Miguel. A nova linha de produção implicou um investimento de cinco milhões de euros que a empresa espera ter retorno no prazo de cinco anos, avança a directora de Marketing.

Para ajudar nesta tarefa contam com uma campanha publicitária (a arrancar no final do mês) que vai ter presença em televisão, rádio, imprensa, plataformas digitais, exterior e activiação em loja. A arma secreta é uma música. A Terra Nostra apostou numa forma de comunicação disruptiva para a marca e que tem como inspiração as vacas felizes e a vida que levam nas pastagens dos Açores. O tema, que foi adaptado de uma música do filme da Disney “20 Mil Léguas Submarinas”, promete ficar na cabeça.

Texto de Filipa Almeida

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Portugal atraiu 610 estrangeiros «altamente qualificados» através deste programa
Automonitor
Regulamento da mobilidade elétrica obriga a celebrar contratos de adesão