Labrador: evitar os erros do passado

Regressou ao mercado de forma tão inesperada quanto havia desaparecido. Ao quarto ano da sua segunda vida, a Labrador conta hoje com três lojas próprias em Portugal – vai a caminho da quarta – e a estabilidade necessária para pensar já em coser novas linhas no mercado externo

Texto de Daniel Almeida

Foto de Paulo Alexandrino

Entrou em insolvência em 2011, mas havia de renascer das cinzas no ano seguinte, após ter sido adquirida em hasta pública pelo Edge Ventures, holding do The Edge Group, numa oferta avaliada em 80 mil euros. Desde então a Labrador, marca icónica de roupa masculina, tem vindo a trilhar um caminho de recuperação.

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Agosto de 2016 da revista Marketeer.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Qual é, afinal, o papel do líder?
Automonitor
Maratonas condicionam trânsito em Lisboa (conheça as vias afetadas)