Kampo tem projecto para posicionar a Madeira como destino gastronómico

O restaurante Kampo, liderado pelo chef Júlio Pereira, lançou o projecto “12 chefs 12 meses”, que ao longo do ano irá promover a gastronomia e economia locais, com o intuito de potenciar a Madeira como destino turístico gastronómico.

No âmbito desta iniciativa, o chef Júlio Pereira irá receber todos os meses no seu restaurante um chef convidado para visitar o arquipélago, produtores e produtos endógenos, com vista à descoberta dos “saberes e sabores locais” e à valorização da gastronomia local. Depois, na cozinha, serão criados em conjunto menus especiais com base na sazonalidade, diversidade e cultura únicas do arquipélago. “Todos os chefs convidados são desafiados a trabalhar produto de qualidade, sazonal e característico deste arquipélago, com uma abordagem contemporânea e a diversidade de técnica que cada convidado trará consigo”, explica o Kampo em comunicado.

A estreia deste projecto será já no próximo dia 28, com o chef Tiago Bonito (do restaurante Casa da Calçada) como primeiro convidado, e envolverá visitas ao Mercado dos Lavradores, um dos marcos da capital da Madeira. O almoço no restaurante Kampo terá um custo de 55 euros por pessoa, incluindo bebidas.

O próximo evento está já agendado para 25 de Fevereiro e contará com o chef Rodrigo Castelo, do restaurante Ó Balcão, em Santarém. No mês seguinte, será a vez de Diogo Rocha, chef do Mesa de Lemos, em Viseu, apresentar as suas criações inspiradas na Madeira, no dia 25 de Março.




loading...
Artigos relacionados

Comentários estão fechados.