Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro custam 10 mil milhões de euros

Faltam precisamente 365 dias para o início dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro, evento cujo investimento ascende a aproximadamente dez mil milhões de euros, tendo em conta a construção das infraestruturas necessárias mas também as campanhas de comunicação.

Numa altura em que tanto se fala do logótipo da competição no Japão em 2020, parecia que a edição do próximo ano estava esquecida mas a verdade é que o Brasil já está em marcha para garantir que os primeiros Jogos Olímpicos realizados na América do Sul decorram sem qualquer tipo de problema.

Aliás, desde 2009, que a Embatur (Instituto Brasileiro de Turismo) tem apostado em acções de promoção do país junto dos mercados prioritários, como explica a entidade em comunicado. Ainda este ano, vai estar presente na Expo Milão para dar a conhecer o Brasil e cumprir, assim, a previsão de mais de 300 mil visitantes estrangeiros durante os Jogos Olímpicos.

Vinícius Lummertz, presidente da Embratur, explica ainda que «o Rio de Janeiro será a porta de entrada» mas que estão a «trabalhar para que turistas do mundo inteiro visitem outras cidades brasileiras durante os Jogos», que vão acontecer também em Belo Horizonte, Brasília, Manaus, Salvador e São Paulo.

Os Jogos Olímpicos de 2016 vão implicar também a maior operação de segurança de sempre no Brasil. Será uma iniciativa integrada entre as diferentes forças policias do país e vai mobilizar mais de 85 mil profissionais.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
7 formas para se voltar a apaixonar pelo seu trabalho
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo