Joalharia portuguesa ganha novo brilho

Um dos sectores de maior tradição em Portugal, a joalharia, está a atravessar uma fase de renovação e crescimento. Uma arte herdada de geração em geração, que surge revigorada e pronta a enfrentar desafios, contando com novos designers para dinamizar a vocação exportadora do sector.

Texto de Rafael Paiva Reis

«Estamos perante um dos sectores de maior tradição em Portugal, a atravessar uma fase de renovação e crescimento. Neste momento, há mais de 600 produtores fabricantes de joalharia, num total de 4 mil empresas ligadas ao sector. A maioria está ligada ao comércio, mas há um conjunto substancial de empresas industriais. São excelentes exemplos de inovação e tradição, que souberam adaptar-se à evolução tecnológica, a novas técnicas e materiais, mas nunca esquecendo de onde vêm. E isso é um acto estratégico, pois a inovação existe por todo o mundo, mas esta tradição é diferenciadora», referiu Ana Teresa Lehman, ex-secretária de Estado da Indústria, no âmbito da conferência Shapers 4.0, uma iniciativa da Associação de Ourivesaria e Relojoaria de Portugal (AORP).

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Outubro de 2018 da revista Marketeer.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...