Jerónimo Martins lucra 200,3 milhões de euros

logo-jmO Grupo Jerónimo Martins fecha contas de 2009 com lucros recorde de 200,3 milhões de euros, um crescimento de 22,8% face ao ano anterior, e vendas globais ascendem a 7,3 mil milhões de euros.

O contexto económico desfavorável de 2009 fez o Grupo centrar esforços em estratégias comerciais agressivas e inovadoras, na contínua aposta na eficiência operacional, capitalizando a maior escala de operações na gestão do cash flow e no cumprimento integral do programa de investimentos.

O investimento total foi de 312 milhões de euros, tendo-se mantido como principal prioridade a expansão na Polónia (que absorveu 58,4% do investimento), onde se inauguraram 163 lojas. A Biedronka, cadeia líder em preços baixos no mercado polaco, dispara as vendas em 29,8%.

Já a cadeia Pingo Doce aumentou vendas de 12,8%, atingindo 2,2 mil milhões de euros, para além do plano de abertura de lojas, concentrou os seus esforços na remodelação de 22 lojas.

De destacar, ainda, a redução significativa da dívida líquida (de 845,9 para 692 milhões de euros).

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Automonitor
Casa cheia no próximo domingo para os 500 km do Estoril