Jerónimo Martins e Sonae no ranking dos maiores retalhistas

Apenas duas empresas portuguesas constam na mais recente edição do “Global Powers of Retailing” da Deloitte, ranking que identifica os 250 maiores retalhistas do mundo. Jerónimo Martins e Sonae são as únicas representantes nacionais.

A Jerónimo Martins ocupa o 55.º lugar, fruto de um salto de mais de 60 posições no decorrer dos últimos anos. No exercício analisado (2017), o grupo registou receitas agregadas no valor de 18,3 mil milhões de dólares (16 mil milhões de euros).

A Sonae, por seu turno, subiu cerca de 20 posições na última década, tendo alcançado o 156.º lugar com receitas agregadas de 6.3 mil milhões de dólares (5,5 mil milhões de euros). A dona do Continente surge ainda destaque por ser a 25.ª retalhista com maior expansão geográfica da sua operação.

A lista tem por base o desempenho obtido pelo sector, ao nível do volume de negócios, crescimento e rentabilidade nas várias geografias, segmentos de actividade e formatos de loja. A edição de 2019 diz respeito aos valores registados em 2017.

«Os retalhistas europeus continuam a ser os mais activos a nível global pelo facto de procurarem oportunidades de crescimento fora dos respectivos mercados maduros. Uma estratégia seguida também pelos dois maiores retalhistas portugueses, cujas operações em mercados externos continuam a representar uma forte aposta», comenta Pedro Miguel Silva, sócio do sector de Retalho da Deloitte.

No total, o top 250 conta com 87 empresas europeias, sendo a Europa a região mais representada (34,8%). França tem os maiores retalhistas, com uma dimensão média de 29,1 mil milhões de dólares (25,5 mil milhões de euros), um valor superior à dimensão média do ranking de 18,4 mil milhões de dólares (16,2 mil milhões de euros).

Olhando para o ranking total, Wal-Mart, Costco e The Kroger são os principais retalhistas a nível mundial, tal como acontecia na edição anterior. A Amazon subiu ao quarto lugar e a Schwarz ao quinto.

Segundo a Deloitte, as receitas combinadas das 250 maiores retalhistas do mundo atingem os 4,53 milhões de milhões de dólares (3,9 milhões de milhões de euros), no ano fiscal de 2017 (correspondente ao exercício encerrado até Junho de 2018). Trata-se de um crescimento de 5,7%.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Outubro 2019
Automonitor
Já viu o novo ultracompacto 100% elétrico da Toyota?