Já se corre na Escola Jorge Pina

Jorge Pina, atleta paralímpico português, 70 crianças e convidados correram hoje o quilómetro zero no âmbito da inauguração da Escola Jorge Pina de Atletismo Adaptado, sendo este o resultado da iniciativa “Corre por Mais” da Rexona.

O projecto “Corre por Mais”, iniciado no último ano, convidava os portugueses a correrem nos ginásios das cadeias de fitness Holmes Place e Solinca. Por cada quilómetro percorrido, seria doado um euro para a construção desta escola. Durante a campanha, que decorreu entre 19 de Maio e 1 de Junho, foram percorridos 135 526 quilómetros. A Rexona converteu o número em euros, tendo doado esse valor à Associação Jorge Pina, que possibilitou a construção da escola de atletismo adaptado.

«Este projecto é a concretização de um sonho. Todo este trabalho não é exclusivo da Rexona e da Associação Jorge Pina mas de todos os portugueses que contribuíram para esta causa. Agradeço a todos os nossos parceiros a possibilidade de presentear estes jovens com a felicidade por fazerem parte desta escola», sublinha Jorge Pina.

«É um dia especial, a concretização de um sonho. Gostaria de agradecer à Associação Jorge Pina e ao INATEL por todo o trabalho realizado. Mas o mais importante foram os 135 526 quilómetros que os portugueses correram para que esta causa e o dia de hoje se tornassem uma realidade. São mais de três voltas ao planeta Terra que possibilitaram a inauguração desta escola», afirmou Pedro Gonçalves, Head of Marketing de Personal Care da Uniliver. O responsável adianta ainda que a iniciativa “Corre por Mais” terá uma segunda edição e as expectativas serão ainda maiores. «Em 2015 gostaríamos que fosse possível chegar às cinco ou dez voltas ao planeta Terra. Queremos que este projecto, que hoje começa com 70 crianças, possa contar com mais crianças até ao final de 2015. O nosso objectivo passa por mudar a vida destes jovens e sabemos que será possível porque onde há vontade, não há limitações», afirma Pedro Gonçalves.

A Escola Jorge Pina de Atletismo Adaptado realizará os seus treinos no Parque de Jogos 1.º de Maio da Fundação INATEL, em Lisboa. Actualmente, as 70 crianças treinam neste espaço três vezes por semana, contando com o apoio de cinco técnicos com formação em várias áreas da deficiência.

Texto de Rafael Paiva Reis

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Assista em directo à XVIII Conferência Human Resources
Automonitor
Hertz e Jeep lançam serviço de aluguer de tendas rooftop