E se o jantar de Natal fosse num hotel?

Pode parecer demasiado cedo, mas a verdade é que estamos a menos de dois meses do Natal. E se para alguns é ainda cedo para organizar a consoada, outros há que podem ir já salivando com as iguarias que estão a ser preparadas para a noite em que o Pai Natal visita a casa de todos aqueles que se portaram bem no resto do ano.

Foi enquanto muitos iam a banhos nas férias de Verão que o chef Rui Fernandes começou a desenhar a ementa da grande noite de Natal do Dolce by Wyndham Campo Real Lisboa. «Um trabalho de antecipação como acontece com as editoras de revistas que têm de pensar com tempo os temas de capa dessas épocas», disse sentado a uma grande mesa repleta de jornalistas, que a seu lado fizeram a primeira prova do que será degustado por todos aqueles que escolherem o Restaurante Grande Escolha para a consoada junto dos seus familiares. «Há cada vez mais famílias que optam por passar esta época festiva no nosso hotel», acrescentou Patrícia Silva, Marketing manager do Dolce Campo Real.

Numa mesa decorada a rigor, começámos por escolher de entre uma variedade de pães (com tomate, azeitonas, milho ou de centeio) aqueles que queríamos degustar com o azeite & balsâmico e com as manteigas de vaca ou de cabra, qualquer uma delas feita na cozinha do chef.

Pouco depois, o mar chega-nos à mesa em todo o seu esplendor numa entrada de créme brûleée de santola e alface-do-mar. Uma combinação que nos desperta as papilas gustativas em pleno.

Seguia-se-lhe o prato de peixe com o bacalhau, polvo e camarão com todos e mais alguns. Todo um festim num prato como a ocasião exige.

Chegava, entretanto a carne tendo o peru sido o escolhido para fazer as honras num Wellington com frutas e legumes do bosque.

Numa noite que se quer sempre especial não podia faltar uma ou outra sobremesa. Na mesma proposta o chef juntou bolo de castanha com doce de ovos, amêndoa e erva-doce. E não há Natal sem o clássico bolo-rei que mesmo quem não aprecia o dito (como é o meu caso) consegue perceber que a massa era de nível bem superior àquela que se costuma encontrar.

Já há mesas reservadas para a grande noite no Grande Escolha, mas ainda há vagas para quem queira degustar este menu na noite de 24 de Dezembro. As reservas estão abertas não apenas para os hóspedes do hotel, mas também para quem queira apenas jantar.

Texto de Maria João Lima

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Automonitor
Produção de carros em outubro quase nos 15%