Investimento publicitário deverá crescer menos do que previsto

Em Dezembro, a previsão do World Advertising Research Center (WARC) era de que o investimento em publicidade iria crescer 4,8% em 2015. No entanto, o centro viu-se obrigado a rever os valores e aponta, agora, para um aumento de apenas 2,3%, em parte devido à ausência de eventos significativos durante este ano.

O mesmo não se verificará em 2016, dada a realização dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro, bem como o campeonato europeu de futebol e ainda as eleições presidenciais norte-americanas. Para o próximo ano, o WARC antecipa uma subida de 4,5% nos gastos em publicidade por parte das marcas. Quando considerada a inflacção, os números baixam ainda mais, com um crescimento de apenas 1,2% para este ano e de 2,4% para 2016.

Quanto aos mercados em que o investimento publicitário tem maior expressão, destaca-se a Índia com um aumento previsto de 16,1% e a China com um crescimento na ordem dos 9%. Segue-se o Reino Unido, país onde é esperada uma melhoria de 6,6%. Por outro lado, apenas dois países deverão registar quebras nos gastos em publicidade: a Rússia com uma queda de 13,1% e França a cair 0,2%.

Para 2016, os mercados mais fortes serão novamente a Índia, a China e o Reino Unido mas também o Brasil que deverá apresentar uma subida de 7,7%. Quanto a quedas, apenas a Rússia é apontada.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Mercer: Power to the people
Automonitor
Primeiras imagens oficiais do novo VW Golf