Instagram está a seduzir portugueses

Apesar de o Facebook ser a rede com maior notoriedade espontânea top of mind no mais recente estudo da Marktest Consulting “Os Portugueses e as Redes Sociais”, o Instagram está em franco crescimento tendo triplicado os valores de 2017. Esta rede subiu à segunda posição, seguido pelo Twitter.

Em termos de notoriedade total (que corresponde ao conjunto da notoriedade espontânea e sugerida), o ranking é liderado pelo Facebook, seguido do Instagram e do Youtube. Nesta lista o WhatsApp está na quarta posição, seguido pelo Twitter, que encerra a lista das cinco redes sociais mais conhecidas em Portugal. Na faixa etária dos 25 aos 34 anos, o LinkedIn está na terceira posição da notoriedade total, ao passo que na dos 45 aos 64 anos, o Twitter está na segunda posição.

95,1% dos utilizadores de redes sociais dizem ter um perfil criado no Facebook. Enquanto isso, no Instagram estão 59,7% dos utilizadores e no WhatsApp 57,4%.

Segundo o estudo “Os Portugueses e as Redes Sociais”, em média, cada utilizador passa cerca de uma hora e meia por dia nas redes sociais. Enviar/receber mensagens (77%), comentar publicações de amigos (69,5%) e ler notícias em sites de informação (65,4%) foram as funcionalidade mais referidas pelas inquiridos. Em termos de horários é no período entre as 20 e as 22 horas que os utilizadores mais dedicam a sua atenção às redes sociais onde, em média, passam cerca de uma hora e meia por dia.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Acompanha aqui o lançamento oficial do Sapo Prime, uma nova forma de comprar conteúdos jornalísticos
Automonitor
Europa: Vendas da Hyundai superam mercado