Inovar para responder a necessidades

MARKETEER CONTENTS

A Sociedade Central de Cervejas (SCC) investiu oito milhões de euros numa nova linha de enchimento, em Vialonga. Trata-se do resultado do forte investimento que o Grupo Central de Cervejas tem vindo a efectuar nos últimos cinco anos. Nuno Pinto de Magalhães, director de Comunicação e Relações Institucionais da SCC, lembra que nos últimos cinco anos foram investidos mais de 140 milhões de euros em projectos de modernização e crescimento, que abrangem, entre outros, a expansão, a inovação, a sustentabilidade e energias alternativas, não só na Cervejeira de Vialonga, mas também na Sociedade Água de Luso e na Novadis Distribuição.

A nova linha de enchimento, com tecnologia e serviço da KHS, «tem a capacidade para encher 55 mil garrafas por hora, apresenta elevada eficiência, flexibilidade e reduzido impacto ambiental, permitindo uma redução anual até 22% de consumo de CO2, uma poupança de 12 600 kW de electricidade/ano e a diminuição anual de 96% do consumo de água», refere Nuno Pinto de Magalhães.

E se o investimento tem sido um dos pilares de desenvolvimento da Central de Cervejas, a inovação é outro desses pilares. Foi no contexto de inovação que a empresa lançou este ano a Sagres 0.0%. As tendências do consumidor para a adopção de estilos de vida mais saudáveis e para o consumo moderado de bebidas alcoólicas estão a impulsionar o crescimento da categoria de bebidas com baixo teor alcoólico ou sem álcool, a nível mundial. «E os consumidores pediam uma cerveja sem álcool, 0.0, com todo o sabor e qualidade e que se adequasse a todos os momentos de consumo. As cervejas sem álcool, e não as 0.0, que existem no mercado podem ter de acordo com a legislação portuguesa um conteúdo de álcool até 0,5%», explana Nuno Pinto de Magalhães.

Com as suas cervejas 0.0 a SCC quer oferecer ao consumidor uma gama mais alargada de escolhas e opções para os seus diferentes momentos de consumo. As cervejas 0.0 podem fazer parte de um estilo de vida equilibrado e oferecer uma opção alternativa – às pessoas que não podem ou não querem beber bebidas alcoólicas – para poderem participar em momentos de consumo de cerveja e desfrutar de uma solução saborosa e natural. Além destas características, a redução percentual de calorias, face a uma cerveja com álcool, torna a Sagres 0.0 (-40%) e a Heineken 0.0 (-50%) dois produtos atractivos para quem tem este tipo de preocupa ções.

«Com estes dois lançamentos entendemos que atingimos esses dois objectivos.» As cervejas 0.0 foram pensadas para todos os consumidores que gostam de cervejas e que as querem ter disponíveis para consumo em todas as ocasiões e locais. A receptividade foi boa, mas o responsável considera ser cedo para retirar ilações. Considerando também ser cedo para prognósticos anuais ao nível de toda a gama de cervejas, Nuno Pinto de Magalhães salienta que o Verão e a sua sazonalidade são relevantes para a performance da empresa.

No entanto, salienta, «em volume e acumulado a Junho – segundo dados Nielsen -, o mercado cresceu 14,6%, com todos os canais de vendas a terem uma variação positiva de vendas».

Amor ao desporto-rei

O futebol é um tema que assume uma relevância muito grande no dia-a-dia dos consumidores de Sagres. Nesse sentido, a estratégia da cerveja Sagres no território do futebol tem sido um caso de sucesso, apoiando o futebol nacional e em especial a Selecção. A Sagres é a patrocinadora mais antiga da Selecção Nacional de Futebol, fruto de uma parceria assinada com a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) em 1993.

Desde então, a Sagres esteve lado a lado com a Selecção, um activo de excelência para a marca da Central de Cervejas. Nuno Pinto de Magalhães lembra que é também importante realçar que a cerveja é a bebida seleccionada pelos consumidores adeptos do futebol para ser consumida nos momentos associados a esta modalidade, quer seja em casa, quer seja no canal Horeca.

Quanto à mais recente competição, a Liga das Nações, na qual Portugal se sagrou vitorioso, ainda que seja uma «consagração do futebol nacional ao nível internacional», as vendas concretas durante a competição foram marginais. Com a época desportiva de futebol a iniciar-se em Agosto, a Sagres lançou uma campanha multimeios que dá o pontapé de saída para a nova plataforma de activação “Sagres Futebol”.

Esta campanha retrata os melhores momentos dos adeptos sem rivais, as paixões e emoções que se vivem durante um jogo de futebol. «E são esses os momentos que importam a ganhar ou a perder, o que interessa é viver as emoções ao máximo e celebrar com Sagres», garante o director. O primeiro filme já está no ar, mas ao longo do ano a marca irá surpreender os consumidores com outros filmes e novos momentos entre adeptos que serão filmados em tempo real, reforçando a ligação da cerveja Sagres ao desporto preferido dos consumidores portugueses.

Paralelamente, e reafirmando a sua forte ligação ao futebol, a cerveja Sagres irá oferecer diferentes experiências exclusivas e activações na plataforma Sagres Futebol, celebrando com todos as emoções da festa do desporto-rei.

“De Norte a Sagres”

Os contrastes são o ponto de partida para outra das campanhas mais recentes da cerveja Sagres. A marca mostra como acompanha os consumidores tanto no campo como na cidade, num grande festival de música ou na festa da aldeia, sendo o elo de ligação entre todos estes cenários e ocasiões.“De Norte a Sagres” é o mote do trabalho publicitário, que pretende celebrar e promover a convivialidade dos portugueses e estilos de vida diferentes, o encontro de gerações, a tradição e o contemporâneo.

Com criatividade da agência FunnyHow e produção da Krypton, a campanha inclui três vídeos para televisão e plataformas digitais e, ainda, divulgação no exterior através de mupis em vários pontos de Portugal. «Esta é uma campanha bastante singular», afirma Nuno Pinto de Magalhães, director de Comunicação e Relações Institucionais. A mistura de formas de viver exalta uma nova portugalidade, de diálogo e abertura «e a cerveja Sagres está presente nestes momentos e ideias distintas, na diversidade de tradições e eventos com que os portugueses vivem o seu Verão, de Norte a Sagres».

A campanha envolve ainda um passatempo através do qual a insígnia irá oferecer mais de 200 prémios, desde jantares a convites para festas. Em vigor até 20 de Setembro, o passatempo está a decorrer no Instagram da Sagres e resulta de uma parceria com marcas como Degrau.Emerge (Paez e Komono), DCK BoardShorts e Continente Online. O passatempo tem como objectivo premiar os fãs que publiquem a fotografia mais criativa, original e representativa do tema de cada post, mostrando que onde quer que estejam, os consumidores podem sempre contar com a cerveja Sagres.

Ambiente universitário

Num âmbito diferente e focado nos consumidores mais jovens, a Sagres convidou Akacorleone a intervencionar o túnel de acesso do campus da Nova SBE à praia de Carcavelos, também conhecido como Sagres Beach Way. Nuno Pinto de Magalhães explica: «Trata-se do reforço da ligação da marca Sagres ao mundo universitário, de jovens adultos, promovendo os valores de portugalidade e de convivialidade, ao implementar uma nova intervenção de arte urbana designada “Good times”, com produção de um jovem artista português, cujo traço colorido e impactante irá inspirar todos os que por ali passarem.»

A Sagres continua empenhada em dar voz às novas gerações, atribuindo-lhes visibilidade e reconhecimento através do seu trabalho único e repleto de autenticidade e criatividade e tornando-o acessível a todos. «Este mural do Akacorleone reflecte o compromisso da marca Sagres na promoção do talento nacional, permitindo contactar de forma directa com o seu público.»

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Automonitor
Produção de carros em outubro quase nos 15%