Influenciadores fazem parte do futuro do trabalho?

“Ser influenciador é uma profissão?” é a pergunta que colocará à conversa Tiago Froufe (Luvin), Nuno Agonia (youtuber) e Susana Ribeiro (Viaje Comigo). Os três portugueses são convidados a participar na segunda edição do Congresso Internacional Labour 2030, marcado para os dias 19 e 20 deste mês, na Alfândega do Porto, e a fazer parte do debate em torno do futuro do trabalho.

Ao todo, são mais de 150 os oradores (de mais de 30 países) com presença confirmada na Invicta para discutir o que mudou e o que vai mudar numa altura em que empreendedorismo, robótica e Inteligência Artificial já são expressões do dia-a-dia. Com organização a cargo da Law Academy, o congresso procura esmiuçar alguns dos temas que mais dúvidas suscitam.

No caso do painel protagonizado por Tiago Froufe, Nuno Agonia e Susana Ribeiro, o objectivo é abordar aquela que já é a ocupação principal de mais de 20 milhões de pessoas em todo o mundo – com tendência para aumentar. Resta saber como é ser influenciador, quantas horas trabalham por dia e como se organizam, entre outros aspectos.

Esta intervenção terá lugar no primeiro dia do evento, pelas 11h, e conta com moderação de Vanda Jorge (jornal Eco).

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Zmar tem novos directores para os Departamentos Comercial e de Marketing
Automonitor
Confirmado: Peugeot 508 Sport Engineered chega em 2020