Indústria alimentar portuguesa na luta contra o plástico

Até 2030, a União Europeia espera ter acabado com o plástico descartável e assegurado que todas as embalagens de plástico colocadas no mercado são recicláveis ou reutilizáveis. A Federação das Indústrias Portuguesas Agro-alimentares (FIPA) está alinhada com a meta e assinou um acordo com Agência Portuguesa do Ambiente nesse sentido.

A nova parceria tem em vista o uso eficiente de plástico na cadeia de valor do sector alimentar e das bebidas e estabelece a criação de formas concretas de cooperação e coordenação institucional entre as duas entidades.

«Sabemos que há trabalho a fazer e queremos ter um papel activo nesta mudança», indica Jorge Tomás Henriques, presidente da FIPA. Em comunicado, o responsável acrescenta que a federação e respectivos associados estão comprometidos com o objectivo traçado pela União Europeia e que o acordo assinado é um passo importante para o cumprir.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Page Assessment tem novo Executive manager
Automonitor
Os 10 Ferrari em exemplar único no Mundo