Ikea vai vender produtos feitos por refugiados

Uma das formas que a Ikea encontrou para apoiar os refugiados consiste no lançamento de tapetes e produtos têxteis feitos por sírios que se viram obrigados a abandonar o seu país. Os artigos deverão chegar ao público em 2019, de acordo com o The Independent.

A iniciativa deverá criar postos de trabalho para cerca de 200 refugiados, maioritariamente mulheres, a viver na Jordânia. Os tapetes e restantes produtos serão disponibilizados através de pontos de venda locais em países do Médio-Oriente que tenham acordos de trocas livres com a Jordânia.

Em entrevista à CNN, Jesper Brodin, Range & Supply manager da Ikea, descreveu a crise na Síria como a maior tragédia dos nossos tempos. «Decidimos perceber como a Ikea poderia contribuir», afirmou o responsável.

Esta já não é a primeira vez que a empresa sueca se envolve neste tema, tendo já ajudado a iluminar campos de refugiados e mobilado um centro português de acolhimento temporário.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Estes 10 benefícios vão ser os mais desejados pelos colaboradores em 2020
Automonitor
Os peculiares protótipos que a Daihatsu vai levar a Tóquio