Ikea revela como são os portugueses em casa

O “Life at Home Report 2017” da Ikea descobriu que 58% dos portugueses admitem ter tido conflitos com as pessoas com quem partilham casa. A desarrumação é a responsável pelos desentendimentos.

O mesmo estudo indica que 46% dos portugueses apresentam dificuldades em viver na casa de outras pessoas, não se sentindo à vontade em criar um espaço só seu. Não gostam também de deitar fora objectos que não lhes pertencem: apenas 10% diz ter mandado para o lixo algo que não era seu.

Sobre se sentem que deveriam passar mais tempo com os filhos do que com a tecnologia, 20% dos inquiridos portugueses afirma que sim. Por outro lado, 30% mostram-se entusiasmados por instalar equipamentos com tecnologias inovadoras nos seus lares, de modo a sentirem-se mais ligados às pessoas com quem partilham casa.

A edição deste ano do “Life at Home Report” envolveu a participação de mais de 21 mil pessoas de 22 países. As conclusões gerais indicam que, a nível mundial, para 46% das pessoas a maioria das discussões em casa começam na sala de estar. Além disso, 27% diz sentir que a sociedade pressiona no sentido de uma vida mais minimalista e 40% critica os meios de comunicação por não reflectirem a verdadeira realidade de partilhar um lar.

O relatório revela também que 26% das pessoas querem fazer mudanças em cada de uma só vez mas que não têm energia para o fazer; 21% têm receio de começar e não conseguir terminar.

«Uma das maiores conclusões que é possível retirar da pesquisa deste ano é algo muito simples: todos precisamos de conversar sobre a nossa vida em casa. Através deste relatório, esperamos inspirar as pessoas a falar sobre o que realmente precisam e querem das pessoas com quem vivem», comenta Cláudia Domingues, directora de Comunicação da Ikea Portugal.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
A sua empresa pode fazer sorrir crianças hospitalizadas. Saiba como.
Automonitor
Já conhece os novos sinais de trânsito?