IKEA investe 200 milhões para ajudar a salvar o planeta

O Grupo Inter IKEA vai investir 200 milhões de euros na aceleração da transformação do seu negócio de modo a que o impacto seja mais positivo do que negativo. Em antecipação da COP25 – Conferência das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas, o grupo quer melhorar a pegada das suas empresas até 2030.

Na base do investimento estão dois pilares: transformar a cadeia de distribuição IKEA através da utilização de energias renováveis e remover dióxido de carbono da atmosfera a partir da reflorestação e de melhores práticas de gestão florestal. Segundo é explicado em comunicado, mais de metade da pegada carbónica da IKEA tem origem nas matérias-primas que utiliza e na produção dos seus artigos.

Ambos os objectivos apresentados deverão ser atingidos em colaboração com parceiros, indica ainda a empresa sueca de mobiliário e decoração. Só desta forma será possível alcançar a maior escala e impactos possíveis.

«Assumindo a responsabilidade e trabalhando em conjunto, podemos fazer uma verdadeira mudança. Temos uma perspectiva a longo prazo e a capacidade financeira para investir em actividades que beneficiam o planeta e o futuro do nosso negócio», comenta Torbjörn Lööf, CEO do Grupo Inter IKEA.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Deloitte tem nova liderança no Marketing e Comunicação
Automonitor
Elétricos: Galp vai inaugurar primeiro ponto de carregamento em São Miguel