Happy Meal já ofereceu 450 milhões de livros

Nasceu em 1979 nos EUA e está, hoje, presente em mais de 100 países, entre os quais Portugal. A caixinha do Happy Meal – desejada por miúdos e alguns graúdos – tem vindo a sentir algumas mudanças ao longo dos anos de que são exemplo a introdução de frutas e vegetais ou a sopa.

Ao longo de 40 anos tem tido parcerias marcas emblemáticas como Disney®, Mattel®, Hasbro® e Ty®. Desde 2013, a McDonald’s apostou na leitura em família quando passou a disponibilizar livros digitais e interactivos. Uma caminhada de promoção da leitura que prosseguiu com a Happy Van, uma biblioteca móvel de incentivo à leitura.

A partir de hoje, 4 de Novembro, dia do 40.º aniversário do Happy Meal, e até 9 de Dezembro, em todos os restaurantes McDonald’s em Portugal, na compra de um Happy Meal os consumidores vão receber uma surpresa extra «para ‘grandes e pequenos’ sentirem a mesma emoção de receber um brinquedo com a refeição, e partilharem brincadeiras», conta Sérgio Leal, director de Marketing e Comunicação da McDonald’s Portugal, à Marketeer.

Quais os segredos do sucesso e longevidade do Happy Meal?

O Happy Meal é um dos produtos mais emblemáticos da McDonald’s. O conceito Happy Meal, mundialmente reconhecido nos dias de hoje, ganhou vida graças à criatividade de parceiros e franquiados da McDonald’s. Surgiu nos EUA em Junho de 1979 e, um ano depois, foi introduzido na Guatemala, seguindo-se Austrália, Hong Kong, Nova Zelândia, Suécia, entre outros países.

Hoje, o Happy Meal está presente em mais de 29.000 restaurantes, em mais de 100 países, e está traduzido em mais de 40 idiomas em todo o mundo.

Desde a chegada do Happy Meal a Portugal, em 1991, que a sua evolução tem sido notória: desde a introdução do peixe, com os “Douradinhos”, às diferentes variedades de frutas e vegetais a partir de 2008, passando pelas diferentes receitas de sopa incluídas em 2010. Aliado a tudo isto o Happy Meal representa a magia de encontrar na ‘caixa mágica’ uma oferta – um brinquedo ou um livro – e proporcionar bons momentos em família.

Vamos celebrar os 40 anos do Happy Meal em todo o mundo. Em Portugal, a partir de 4 de novembro, dia do aniversário do Happy Meal, e até 9 de Dezembro, em todos os restaurantes, na compra de um Happy Meal os consumidores recebem uma surpresa extra para ‘grandes e pequenos’ sentirem a mesma emoção de receber um brinquedo com a refeição, e partilharem brincadeiras.

No fim de semana de 9 e 10 de Novembro, a McDonald’s vai redecorar o restaurante do Campo Grande com painéis para colorir e convida todos os consumidores a passarem momentos divertidos, pintarem com muita cor o interior do restaurante e a cantar os parabéns ao Happy Meal.

Ao longo de toda a sua presença em Portugal, quais os brindes oferecidos às crianças que tiveram maior procura por parte destas?

Foram várias as colecções emblemáticas que marcaram o início do Happy Meal, como McDonald’s Changeable, My Little Pony, Power Rangers ou Space Jam por exemplo. Muitas colecções fazem parte das recordações das famílias que nos visitam, desde os mais novos aos mais velhos.

Ao longo de 40 anos, temos conseguido realizar parcerias com algumas das marcas mais emblemáticas – como Disney®, Mattel®, Hasbro® e Ty® – para proporcionarmos bons momentos aos fãs do Happy Meal em todo o mundo.

Quais os restaurantes em Portugal que têm um maior peso desses produtos no seu volume de negócios?

Sendo o restaurante favorito das famílias, todos os restaurantes têm um elevado peso na venda de Happy Meal. No entanto, os restaurantes ‘Amigos da Família’, pelas suas características com serviços adicionais – serviço à mesa, kit de actividades e jogos para os mais novos, play places, carrinho para colocação de tabuleiros, cadeiras de bebé e micro-ondas para aquecer as refeições dos bebés, lugares de estacionamento específicos para famílias, entre outros – tornam-nos ainda mais atractivos para as famílias portuguesas.

A marca introduziu a opção dos livros como brinde para as crianças. Como é recebida essa oferta pelas crianças?

A aposta da McDonald’s na leitura em família iniciou-se em 2013, quando disponibilizámos os livros digitais e interactivos. O Plano Nacional de Leitura é nosso parceiro de longa data nesta iniciativa, tendo esta parceria iniciado em 2014, onde apoiaram na promoção da leitura através da Happy Van, uma biblioteca móvel de incentivo à leitura. Desde então, temo-nos associado nesta causa em que temos, como objectivo comum, apoiar os pais a incentivarem as crianças a ler e desfrutar do prazer da leitura como um momento de convívio e família.

Em 2019 orgulhamo-nos de ver os livros tornarem-se uma oferta permanente no Happy Meal, através do programa Happy Meal Readers pois acreditamos que, pelo facto de a McDonald’s ser um dos restaurantes mais visitados pelas famílias, lhe confere um papel estratégico e privilegiado na promoção de certos temas junto das mesmas e, neste caso, a leitura em família, que é uma causa comum.

A colecção de livros ‘As aventuras dos Gêmeos Treetop’ tem sido muito bem recebida pelos pais e pelas crianças. O Happy Meal Readers vai continuar em força e com novidades no próximo ano!

Desde 2001, juntamente com os nossos franqueados, distribuímos, globalmente, cerca de 450 milhões de livros no Happy Meal.

Quais os resultados para a marca do programa Happy Readers?

Tem sido muito gratificante. Tínhamos como objectivo, para este primeiro ano, que 12% da oferta do Happy Meal recaísse sobre o livro. Actualmente, 15% da oferta do Happy Meal tem recaído na escolha do livro. Vamos continuar, em 2020, a trazer novas histórias ao Happy Meal.

Há já uns anos que os refrigerantes saíram da comunicação do Happy Meal. Porquê essa decisão? Que resultados no consumo dos refrigerantes com este menu?

Temos trabalhado no sentido de aumentar o leque de opções nos nossos menus, incluindo sopas, saladas, cenoura, fruta – maçã, uvas sem grainha, pera, meloa ou abacaxi – como uma alternativa às batatas fritas, assim como água e sumos não carbonatados. Temos também trabalhado nas várias componentes dos nossos produtos, de forma a melhorar o seu perfil nutricional, como a redução dos TFAs e gorduras saturadas.

Promovemos diversas iniciativas para incentivar o consumo divertido de frutas e vegetais para as crianças. Para além da mais recente parceria com a Nutri Ventures, com oferta de peluches a quem incluísse fruta ou vegetais na refeição, já desenvolvemos outras campanhas como o “Sexta a Trincar” – que consistia na oferta de fruta por cada Happy Meal vendido, na primeira sexta-feira de cada mês. Através desta iniciativa – que contava com o apoio do programa “5 ao dia” recebemos o reconhecimento público da APN (Associação Portuguesa de Nutricionistas) – e oferecemos mais de um milhão de peças de fruta – entre 2012 e 2015.

Para além disso, disponibilizamos aos consumidores informação nutricional sobre os nossos produtos de forma a permitir aos consumidores fazerem escolhas informadas e adequadas às suas necessidades diárias.

De que maneira está o Happy Meal a adaptar-se aos novos tempos e às preocupações dos consumidores em relação aos plásticos?

As colecções de Happy Meal podem ter diferentes materiais – papel, no caso dos livros que são uma opção em alternativa ao brinquedo, plástico ou tecido por exemplo, para os brinquedos. Temos vindo a trabalhar com os nossos fornecedores no sentido de se utilizar materiais sustentáveis no fabrico das ofertas do Happy Meal.

Texto de Maria João Lima

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Automonitor
Produção de carros em outubro quase nos 15%