Há barritas portuguesas com farinha de insecto

A Portugal Bugs é a grande vencedora da edição deste ano do Jump, concurso promovido pela Câmara de Famalicão e pelo Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto que visa apoiar as melhores ideias de negócio na área da economia circular. Assente numa proposta de alimentação alternativa, à base de farinha de insecto, a empresa portuguesa vai receber cinco mil euros para continuar a desenvolver os seus produtos.

Actualmente, o portefólio da Portugal Bugs conta com quatro tipos de barras proteicas, algumas formulações de massas proteicas, farinha de insecto e os próprios insectos desidratados temperados. A sua actividade inclui produção e transformação de insectos.

Criada por Guilherme Pereira e Sara Martins, a startup Portugal Bugs conquistou também a oportunidade de se instalar gratuitamente durante um ano na incubadora Famalicão Made IN, com acesso ao programa de aceleração de negócios.

Ao pódio do Jump chegaram também os projecto Eco2Blocks, que transforma resíduos da indústria em produtos de alta qualidade para a construção civil, e a White Stamp, programa colaborativo que liga os mercados de primeira e segunda mão.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Airbus vai ter open day. Há 90 vagas para fábrica portuguesa
Automonitor
Nissan LEAF em modo drift