Grupo Seiko cresce em Portugal

robertwilsonseikoO mercado de relógios sofreu uma queda de 20% em valor no primeiro semestre de 2009, a nível mundial. A comprovar essa mesma queda estão os números do Grupo Seiko na Europa. Já em contra-ciclo está o mercado português onde o Grupo apresentou um decréscimo de apenas 10% e com a marca Pulsar (a low-cost do Grupo Seiko) a crescer a dois dígitos. Informações avançadas à marketeer por Robert Wilson, director marketing internacional da Seiko.

Segundo Robert Wilson, foi «o segmento de luxo no mercado de relógios o primeiro a sofrer o embate da crise, da mesma forma que quando se iniciar a retoma, será também o primeiro segmento a melhorar e com resultados superiores aos anteriores».

O segmento médio-alto, onde se encontra a Seiko, não é tão sensível como o de luxo, percebendo que «um consumidor Seiko continua a querer comprar a marca, mas opta por um modelo mais barato».

 

Leia a entrevista completa na marketeer de Outubro.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Esta ferramenta promete vir revolucionar a Segurança e Saúde no Trabalho
Automonitor
AUTOBEST 2020: Novo Opel Corsa é um dos finalista