Grupo editorial do Sol compra maioria da Foreign Policy portuguesa

fp-capaO grupo editorial do semanário “Sol” adquiriu uma posição maioritária na revista bimestral de política e economia internacional “Foreign Policy – Edição Portugal”, até aqui detida integralmente pela Emirec Comunicação.

Segundo fonte ligada ao processo, «a entrada deste accionista visa dar um novo impulso à revista, cimentando a sua consolidação no mercado português, e propiciando a sua expansão para novos mercados, designadamente no mundo lusófono – onde a marca FP ainda não está representada».

Com esta aquisição, o grupo editorial do semanário “Sol” assume a gestão do título, responsabilizando-se pelo projecto de expansão já definido para a revista que passará a designar-se “Foreign Policy – Edição Lusófona”. Nos próximos meses será iniciada a distribuição da “FP – Edição Lusófona” nos PALOP, para os quais estão já negociados, com o grupo Washington Post (que detém a marca Foreign Policy), os respectivos direitos. O lançamento da revista em Angola, será assinalado pela realização, em Julho, de uma Conferência Internacional em Luanda, que contará entre os seus oradores com o Nobel da Economia Joseph Stiglitz.

Em Portugal, a integração da “FP – Edição Lusófona” no grupo editorial do “Sol” é celebrada e anunciada publicamente amanhã, com a organização conjunta da conferência internacional “O Triângulo Virtuoso Angola/Brasil/Portugal: Uma Questão Estratégica Fundamental para a Lusofonia” que traz a Lisboa, entre outros convidados, o antigo presidente do Brasil, Fernando Henrique Cardoso.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Outubro 2019
Automonitor
Kapten lança função de arredondamento solidário