Governo com 35 milhões para start-ups

lima2O ministro da Economia, António Pires de Lima, anunciou a criação de uma nova linha de apoio às start-ups por parte da Portugal Ventures [instrumento do Estado] no valor de 35 milhões de euros. A linha de apoio entrará em vigor ainda este mês e foi revelada após uma reunião do Conselho Nacional de Empreendedorismo e Inovação, presidida por Pedro Passos Coelho.

Mas há mais. Foi ainda anunciada “a criação do centro de actividade de novas empresas, nomeadamente ligadas à área da biotecnologia, em Boston, que acumula o apoio que o Governo está a dar a empresas que são acolhidas no acelerador que já existe em Silicon Valley”, o que deverá permitir uma maior exposição para as companhias portuguesas no mercado norte-americano.

Além disso, António Pires de Lima acrescentou que o Governo irá dar 15 milhões de euros através de business angels (promotores de investimentos), em parceria com a sociedade civil, para o arranque de novos projetos empresariais. O objectivo do Governo é refocalizar a actividade da Portugal Ventures para a fase inicial e de arranque de empresas. «A nossa intenção é que a Portugal Ventures deixe a actividade típica de private equity e se foque fundamentalmente naquilo que é o capital semente», explicou António Pires de Lima.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
A sua empresa pode fazer sorrir crianças hospitalizadas. Saiba como.
Automonitor
Trotinetes elétricas: guia para circular em segurança