Google remove canais do YouTube associados ao Irão

A Google apagou 39 canais do YouTube com ligações à Islamic Republic of Iran Broadcasting, meio de comunicação do Irão apoiado pelo governo do país. Removeu também 19 páginas web associadas à mesma plataforma.

Segundo a Bloomberg, a Google justifica a remoção dos conteúdos com a alegada tentativa de difusão de campanhas cujo objectivo é influenciar a opinião do público em linha com os interesses dos governantes. Tanto o Facebook como o Twitter invocaram razões semelhantes para levar a cabo o mesmo tipo de remoção.

Kent Walker, head of Global Affairs na Alphabet, empresa que detém a Google, explica que a manipulação terá começado em Janeiro de 2017. «Não podemos entrar nos detalhes técnicos sem disponibilizar informação que seria útil para outros que queiram abusar das nossas plataformas», indica o mesmo responsável, acrescentando que a Google trabalhou com a FireEye para identificar as contas iranianas que deveriam ser eliminadas.

Kent Walker avança, ainda, que a Google também removeu 42 canais no YouTube associados à russa Internet Research Agency.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Trabalhar apenas 5 horas por dia. Há empresas a testar o modelo com sucesso
Automonitor
Motul e Suzuki Ibérica assinam parceria